CIEG - Centro Interdisciplinar de Estudos Grupais Enrique Pichon-Rivière

Logomarca CIEG

Ferramentas:

  • Mapa do Site
  • Links Úteis
  • Busca no Site

Crítica da Vida Cotidiana

Piedra de sol

Fragmento do Poema PIEDRA DE SOL   —¿la vida, cuándo fue de veras nuestra?, ¿cuándo somos de veras lo que somos?, bien mirado no somos, nunca somos a solas sino vértigo y vacío, muecas en el espejo, horror y vómito, nunca la vida es nuestra, es de los otros, la vida no es de nadie, todos somos la vida —pan de sol para los otros, los otros todos que nosotros somos—, soy otro cuando soy, los actos míos son más míos si son también de todos, para que pueda ser he de ser otro, salir de mí, buscarme entre los otros, los otros que no son si yo no existo, los otros que me dan plena existencia, no soy, no hay yo, siempre somos nosotros, la vida es otra, siempre allá, más lejos, fuera de ti, de mí, siempre horizonte, vida que nos desvive y enajena, que nos inventa un rostro y lo desgasta, hambre de ser, oh muerte, pan de todos, Eloísa, Per [...]

Octávio Paz

Octavio Paz Lozano (Cidade do México, 31 de março de 1914 — Cidade do México, 19 de abril de 1998) foi um poeta, ensaísta, tradutor e diplomata mexicano, notabilizado, principalmente, por seu trabalho prático e teórico no campo da poesia moderna ou de vanguarda. Recebeu o Nobel de Literatura de 1990.

Escritor prolífico cuja obra abarcou vários gêneros, é considerado um dos maiores escritores do século XX e um dos grandes poetas hispânicos de todos os tempos.[1]

Passou a infância nos Estados Unidos, acompanhando a família. De volta ao seu país, estudou direito na Universidade Nacional Autônoma do México. Cursou também especialização em literatura. Morou na Espanha, onde conviveu com diversos intelectuais. Viveu também em Paris, no Japão e na Índia.

Em 1945, ingressou no serviço diplomático mexicano. Quando morava em Paris, testemunhou e viveu o movimento surrealista, sofrendo grande influência de André Breton, de quem foi amigo. Em sua criação, experimentou a escrita automática, tendo praticado posteriormente uma poesia ainda vanguardista, porém mais concisa e objetiva, voltada a um uso mais preciso da função poética da linguagem.

Publicou mais de vinte livros de poesia e incontáveis ensaios de literatura, arte, cultura e política, desde Luna Silvestre, seu primeiro livro, de 1933.

Álbum de Fotos

  • Fotos Home

    Curso - Aprofundando a Psicologia Social Pichoniana Consultoria CIEG - Líderes Rurais Consultoria CIEG - Líderes Rurais OFICINA - Laboratorio Final OFICINA - Laboratorio Final Coordenadores de Grupos Operativos - Especialização
  • Depoimento de Alunos

    “Conhecer a Psicologia Social organizou muitas coisas que estavam bagunçadas na minha mente, principalmente em cair a ficha de como realmente funciona um trabalho em grupo. Tudo o que aprendi sobre grupo operativo serviu para o meu crescimento, para me fortalecer com minhas ideias e ações”.

    Curso Aprender a aprender maio 2017

    Endereço:

    Centro Interdisciplinar de Estudos Grupais Enrique Pichon-Riviére

    Rua Belo Horizonte, 102 – Ed. Manuel Laureano Campos Casal, 5º andar – Sala 501 Jardim Brasil – Barra, Salvador – BA, 40140-380

    Copyright © CIEG - 2011

    Contatos

    Site desenvolvido por Lila Nascimento

    Contato: lila_nascimento@hotmail.com

    WebDesigner Lila Nascimento